2012

Esse ano foi o ano da mudança. Começou igual a qualquer outro ano, trabalho, família, igreja, até que Abril veio…

Dia 5 de Abril eu saí do Brasil em direção à Kona, Hawaii. Quem diria que a vida ia mudar tanto depois de cinco meses de DTS (Discipleship Training School). Antes de viajar quantas vezes eu pensei em desistir, por vários motivos, ficar longe da família, como viver sem trabalhar e ganhar dinheiro? Como pagar as contas? Tantas perguntas e incertezas até que eu coloquei os meus pés na Big Island. Ali era o lugar certo pra eu estar. Como Deus falou comigo, uma voz que costumava ser distante, atrás apenas dos livros da Bíblia, se aproximou. Um relacionamento adormecido há tanto tempo foi restaurado.

Durante a minha primeira semana de DTS em Kona nós tínhamos que escolher para onde queríamos ir durante o “Outreach”. As opções que tínhamos eram Londres & Amsterdam, Londres & França, Londres & Irlanda, Londres & Berlin, Kansas City & Los Angeles e Camboja. Confesso que não foi fácil fazer essa escolha; primeiro porque desde que visitei Londres por dois dias em Fevereiro de 2009 eu me apaixonei pela cidade; segundo porque era bem na época das Olimpíadas, ia ser meu sonho de consumo; mas depois de orar, e orar, e orar (acho que era pra ver se Deus mudava ideia) eu escrevi no papel onde deveríamos colocar nossas escolhas de cidades, em primeiro lugar Camboja e em segundo Londres & Amsterdam.

Dia 22 de junho eu, junto com outras 10 pessoas, saí de Kona em direção ao Camboja. Eu lembro o calor que fazia quando a gente saiu do avião, e o pior, era meia noite. Confesso que naquela hora o desânimo bateu forte, mas não foi tão difícil quanto eu pensava. Na base onde ficamos não tinha chuveiro quente, mas não importava, com o calor que fazia às vezes achava que a água podia até ser mais fria. O meu meio de transporte era uma bicicleta, cada jornada era uma aventura, foi realmente um milagre de Deus que ninguém do time sofreu nenhum acidente sério, claro que tivemos pequenos incidentes, como uma das garotas cair da garupa da bike de saia numa possa d’água, mas nada de grave. Fiquei triste quando minha companheira (a bicicleta) foi roubada na penúltima semana. No Camboja também foi onde pela primeira vez eu preguei numa igreja (primeira e única… rsrsrsrsrs). E foi no Camboja que eu falei pra Deus que ia pra qualquer lugar falar de Jesus, que ia pregar o evangelho a toda criatura, e a minha maior motivação maior, não é amor pelo ser humano que está perdido, a minha motivação maior é porque eu amo a Deus e não é justo que ele não receba toda a adoração de todos os povos e raças dessa terra. Como o coração dEle deve doer com o mundo de hoje. Como deve ser difícil ver as suas próprias criaturas se voltando contra você. Como deve ser difícil ver cada filho, que Ele tanto ama se entregando pro mal. Eu não prego o evangelho só por causa do perdido, eu prego o evangelho por causa do Pai também.

E pra pregar esse evangelho eu preciso conhecê-lo, como falar de algo que você não conhece? Por isso eu estou onde estou, estudando e aprendendo da palavra de Deus, a Bíblia. Na metade do meu tempo no Camboja eu me inscrevi para fazer a SBS – School of Biblical Studies na Inglaterra, Deus é tão bom que fez essa base uma das mais em conta pra eu poder estudar. Foi por um milagre dEle que eu estou aqui hoje, eu cheguei do Camboja em Brasília no dia 9 de Setembro e tudo o que eu tinha eram 100 dólares no bolso um IPAD e um Iphone, não pensei duas vezes, vendi tudo e mesmo assim faltava muito dinheiro. Por mais barata que a escola fosse eram R$ 3.500 que eu não tinha. Mas Deus tocou o coração de várias pessoas, e durante os vinte dias que estive no Brasil recebi bastante ajuda e deu pra pagar todo o valor do primeiro trimestre de curso, não vou citar nomes, mas se você é uma dessas pessoas que me deu qualquer quantia receba novamente meu agradecimento, você foi um instrumento de Deus na minha vida. Não posso deixar de citar todo o apoio que recebi da família e do pessoal da igreja, cada um que vem falar que ora por mim é como se uma descarga de energia entrasse no meu corpo. Por mais que pareça ser fácil não é, graças a Deus eu fui muito bem educada na igreja por professores maravilhosos e tenho uma base cristã muito boa, não é fácil me tirar dos eixos, mas enfim, quero agradecer a cada um de vocês que têm orado por mim, as orações de vocês são indispensáveis pra minha caminhada!

E tem sido uma caminhada e tanto. Não é fácil estudar a Bíblia, e o fato de o inglês não ser a minha primeira língua dificulta bastante. Mas tem sido muito bom e eu tenho aprendido muito. Em Janeiro vamos começar a estudar o Velho Testamento, estou ansiosa, tenho certeza que vai ser fantástico.

Queria desejar a todos um feliz Natal! E um ótimo 2013 (se o mundo não acabar, né…). Que seja um ano de bênçãos nas mãos do Senhor!

BeijoImage

Anúncios

Um comentário sobre “2012

  1. Fla, que lindo ver a obra que Deus está fazendo na sua vida e por meio dela! Que Ele te fortaleça a cada dia, que a alegria que vem dEle seja a sua força diariamente e que Ele te use poderosamente! Que bom ver sua disponibilidade para o uso dEle! Fico tão feliz! Um Feliz natal cheio da presença dEle! Grande beiijo da tia Lenira e Cia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s